O que as pesquisas no Google podem dizer sobre os apartamentos do futuro

por Inteligência Dgbz

Publicado em 13 de Outubro, 2016 as 13:10


Se mantido o crescimento, em 2018 as buscas por apartamentos com três dormitórios poderão ultrapassar as buscas por apartamentos com dois dormitórios.


 É impossível não considerar a busca online como um dos principais momentos da atual jornada de consumo de imóveis, e os resultados dessas buscas podem nos dizer muito a respeito do presente, mas, também nos dão material para estimar o futuro.

Analisando o volume de buscas pelos termos “apartamento 2 quartos” e “apartamentos 3 quartos” feitas no Google nos últimos cinco anos, representado pelo interesse do público nessas palavras-chave, é notável uma certa semelhança entre as variações de cada termo. No entanto, é possível apontar que o crescimento de buscas relacionadas a imóveis com três dormitórios é mais acelerado que o crescimento por imóveis de dois dormitórios.

Levando em conta previsões econômicas para os próximos anos, como a do FMI para o PIB brasileiro, que aponta para uma melhora gradual na economia do país, e retomada de superávit em 2020, pode-se traçar dois cenários para as buscas por imóveis. Um é mais conservador, e leva em conta uma evolução mais linear do poder de consumo do brasileiro, e o outro é mais otimista, baseado em comportamentos semelhantes em momentos de estabilidade econômica, em que existe maior facilitação de crédito.

    O cenário mais conservador indica que o interesse por apartamento de três dormitórios poderá ultrapassar a busca por apartamentos de dois dormitórios em 2025, enquanto o otimista mostra que essa possibilidade se torna real já em 2018.

 

 

Dados como esses são importantes, pois indicam que as construtoras deverão dar preferência a lançamentos de produtos com opções de plantas de três dormitórios. Afinal, é provável que o consumidor passe a buscar cada vez mais por isso, além ser cada vez mais influenciado pelo seu comportamento digital.

No entanto, devido às dimensões do território brasileiro, os lançamentos dos próximos anos também deverão levar em conta as peculiaridades de comportamento e de economia local, com análises mais segmentadas por cidades e regiões. Uma das vantagens de se ter uma estratégia de marketing imobiliário que integra online e off-line é conseguir o aprofundamento dessas análises e projeções com mais facilidade.

Quer saber mais sobre tendências do marketing imobiliário para os próximos anos? Entre em contato com a DGBZ Marketing Imobiliário e agende uma apresentação de nossos estudos.

 


Comentário:


Start Bootstrap August 25, 2014 at 9:30 PM

Cras sit amet nibh libero, in gravida nulla. Nulla vel metus scelerisque ante sollicitudin commodo. Cras purus odio, vestibulum in vulputate at, tempus viverra turpis. Fusce condimentum nunc ac nisi vulputate fringilla. Donec lacinia congue felis in faucibus.

Start Bootstrap August 25, 2014 at 9:30 PM

Cras sit amet nibh libero, in gravida nulla. Nulla vel metus scelerisque ante sollicitudin commodo. Cras purus odio, vestibulum in vulputate at, tempus viverra turpis. Fusce condimentum nunc ac nisi vulputate fringilla. Donec lacinia congue felis in faucibus.

Nested Start Bootstrap August 25, 2014 at 9:30 PM

Cras sit amet nibh libero, in gravida nulla. Nulla vel metus scelerisque ante sollicitudin commodo. Cras purus odio, vestibulum in vulputate at, tempus viverra turpis. Fusce condimentum nunc ac nisi vulputate fringilla. Donec lacinia congue felis in faucibus.