A pandemia mudou o mundo business. Você estava preparado?

por Inteligência DGBZ

Publicado em 16 de Novembro de 2020

A pandemia mudou o mundo business. Você estava preparado?

16 de Novembro de 2020

    2020 se tornou um ano atípico para todas as pessoas. E a pandemia provocada pelo coronavírus foi um acontecimento sem precedentes, na história recente da humanidade, e por isso causou um impacto significativo no nosso cotidiano. 

    Mesmo os bureaus que oferecem consultorias estratégicas e traçam panoramas de tendências globais não foram capazes de prever a situação anômala pela qual passamos neste ano. Com isso, a pandemia foi alçada à qualidade de “cisne negro”, termo trazido pelo ensaísta e pesquisador libanês Nassim Nicholas Taleb, em seu livro A lógica do Cisne Negro. O termo determina um acontecimento improvável e que, depois do ocorrido, as pessoas procuram fazer com que ele pareça mais previsível do que ele realmente era.

    Isso levou o mundo corporativo a reavaliar a eficácia dos planejamentos de longo prazo. Ao se deparar com situações aparentemente inverossímeis, o empresário precisa mostrar resiliência e uma eficaz capacidade analítica, para rever planos e adaptar estratégias.

    Por exemplo, aquelas empresas que já possuíam uma estrutura digital mais completa, podendo atender clientes e prestar serviço de forma remota, saíram em vantagem quando foi decretado o fechamento de todas as empresas não essenciais. Assim como foi possível ver grandes players se destacarem durante a pandemia, também observamos inúmeras empresas deixarem de existir, pois menosprezavam o poder que a internet e as redes sociais oferecem.

    Em uma visão operacional, o trabalho remoto também ofereceu desafios a serem superados. O brasileiro é muito ligado ao contato humano, some-se isso ao fato de não ser comum nas casas dispor de um ambiente específico para trabalhar, ou ter os recursos tecnológicos corretos para desenvolver uma atividade profissional remota, e você tem um comprometimento do rendimento em muitos casos. Mas, houveram experiências de sucesso, e várias empresas não pretendem adotar a modalidade presencial novamente, pois descobriram que podem maximizar seus ganhos, diminuir seus custos e otimizar suas equipes através da tecnologia.

    A Harvard Business Review divulgou em um artigo uma pesquisa realizada no Reino Unido, comprovando que 66% dos adultos são viciados no uso do celular. Os millennials consultam o aparelho cerca de 150 vezes por dia, e o vício do celular aumentou 251% entre 2017 e 2018. E por que esses dados importam? 

    Eles são a comprovação de que uma tática segura de atuação para muitos tipos de negócio é investir em tecnologia, em contato virtual. Provendo a esses clientes, de forma a tornar sua base consumidora o mais sólida possível, mesmo em uma situação incomum como a que vivemos. Isso nos traz aos dados da DGBZ em 2020. Por termos a tecnologia em nosso DNA, conseguimos oferecer aos nossos clientes um fluxo constante de vendas e obtivemos números 105% maiores do que o mesmo período de 2019. Então, você, empreendedor, precisa se manter atualizado e aproveitar bem todos esses ensinamentos que o ano nos trouxe. Porque, quando o assunto é tecnologia, se você demorar muito para pensar, já estará atrasado!

Quer alavancar suas vendas?

Deixe seu contato e conheça a metodologia inovadora da primeira aceleradora de vendas do mercado imobiliário.

Quer receber conteúdo exclusivo direto no seu e-mail?